terça-feira, 23 de novembro de 2010


Eles dizem que você tem que mudar.
Eles falam de suas roupas,
Te criticam,
te julgam.
E toda vez que você sai na rua,
botam as crianças pra dentro de casa!
Te criticam,
te julgam,
te humilham,
te olham de lado.
Essas pessoas ai nem sabem
quem você ajuda,
o que você pensa.
Essas pessoas não enxergam
que você quer a liberdade delas.
Você anda com coturno no pé,
e eles andam com algemas nos braços.
Essas pessoas não sabem
do que você é capaz de fazer
pra ajudar o próximo.
Essas pessoas hipocritas não ajuda ninguém,
e só dizem que faz o bem!
Essas pessoas só enxergam suas roupas
E não seu coração!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

E eu já não fecho os olhos.


E agora é mais uma noite sem dormir, madrugada inteira de olhos abertos, enxergando apenas o escuro infinito da insônia; ouvindo o TIC-TAC dos relógios que se transformam aos poucos em passos mórbidos. As horas mudas que custam a passar...
Eu já não vejo mais a vida. Os velhos olhos de criança agora estão velhos demais para enxergar as cores do mundo. Tudo porque a vida passa tão rápido e cruel quanto um tiro à queima-roupa no meio do peito.
Meus pesadelos já não pertubam meu sono. Eles jamais me deixaram dormir! Lembranças que me invadem, me perseguem sem dar tempo de fugir.


Mas como eu posso fugir de mim mesma???
Eu sou o meu pior inimigo!


O que havia de melhor em mim me foi roubado com o tempo; arrancado sem nenhuma compaixão. Hoje eu luto contra meus próprios demônios e convivo com meu inferno particular. Já não há mais nada capaz de me libertar!

[...]

Alguém um dia me disse : ' Mas é só um pesadelo... Abre os olhos e ele vai passar. '
Mas, meus olhos estão abertos e os pesadelos ainda estão aqui me torturando, me consumindo...

Eu me mato devagar.

sábado, 20 de novembro de 2010


"Não me venha com meios-termos,
com mais ou menos
ou qualquer coisa.
Venha a mim com corpo,
alma,
visceras,
tripas
e falta de ar."
(Caio F. Abreu)



sábado, 13 de novembro de 2010

• CONTRACULTURA : ARTE PARA INCONFORMES •

http://3.bp.blogspot.com/_b80Knw2ERaA/TNn9XesmO0I/AAAAAAAAAtA/XHx8pZ4qAh4/s1600/contracultura.jpg

CONTRACULTURA! Arte para inconformes, arte para tod@s!

Dia 20/11, das 16hs às 22hs no Bar Jebe-Jebe (Rua da Estação, em frente ao Bar de Turíbio)

Mostra de vídeo (Squat Korrcell);
Varal de zines;
Biblioteca Subversiva;
Bate-Papo sobre anarcopunk e Straight Edge;
Comida vegana.

The Renegades of Punk (Aracaju/SE):
Powertrio encabeçado por uma bela voz feminina, bela e bem agressiva diga-se de passagem. Quem conhece o histórico da moça sabe o que estou falando, em seu currículo tem bandas como a Triste Fim de Rosilene e xReverx, bandas essas que Ivo (bateria) também fez parte. Completa o trio sergipano João (baixo) que mostrou na última passagem da Renegades por Salvador uma desenvoltura e animação contagiante. Pra quem gosta de punkrock direto, bastante influênciado por The Ramones e Cicle Jerks é uma excelente pedida.
http://www.myspace.com/therenegadesofpunk



The Pivos (Camaçari):

Outro powertrio que fará a alegria dos rockers é a The Pivos, que faz essa mini tour com a The Renegades of Punk tocando em Camaçari (cidade natal), Cruz das Almas e Salvador. Comenta-se que a banda é o Circle Jerks baiano, eu acho que são melhores, afinal é produto interno e de qualidade. Lançaram esse ano um single, "The Pivos", que provavelmente sairá em uma coletanêa.
http://www.myspace.com/thepivos



Egrégora (Salvador):
Hardcore agressivo com vocal rasgado feminino, simplesmente impressionante, influências de bandas como Catharsis, saca só:
www.myspace.com/egregoratao




Derrube o Muro (Salvador):
Som agressivo, pesado e gente feia. Seguindo a linha da velha escola do hardcore, mas sem perder a jovialidade. Pessoas diferentes em alguns aspectos, com conceitos diversos, vivências diversas e gostos também diversificados, a unidade fica por conta de uma única meta: Derrubar o muro que nos separa.
http://www.myspace.com/derrubeomuro



Rancor (Região Metropolitana de Salvador):
Crust de prima, crust äs fück...
www.myspace.com/rancorcrustcore

http://leitedevaca.com/wp-content/uploads/2009/01/punk_the_clash.jpg

Mácula (Região Metropolitana de Salvador):
Formada por membros da Rancor, The Pivos e The Wooden Man, vale frisar de pronto que se difere e muito destas bandas, fazem um som crust obscuro experimental. Com um vocal ultra agressivo, carregado de sentimentos a Mácula faz um som pesado e introspectivo. Excelente pedida para os fãs de Catharsis e Iskra.

Ingressos, somente, 5 reais.

Compareçam!!!

http://4.bp.blogspot.com/_JiflXn2GA7I/SO2UiHdgjqI/AAAAAAAADLg/cXECSFgWLbI/s320/Exploited-Punk%27s_Not_Dead-front.jpg

sábado, 23 de outubro de 2010

Natasha \o/



Um gole de vodka me queima a garganta,
incendeia ainda mais um fogo
que não que se apagar.
A chama do isqueiro,
que acende o cigarro,
um tiro certeiro que flutua no ar...
Teu gosto me acende,
me toma, me leva...
Difícil mesmo é escapar!

Ardente mulher...
Ôh mulher boa, meu pai!
Minha boca enche de água
quando te vejo passar
nos bares, nas ruas, no supermercado
me convidando a brindar
Mais um dia,
mais um trago,
mais uma história pra contar.

Vem cá Natasha,
me dá teus sonhos,
me faz desejo,
me faz provar
do teu veneno,
do gosto amargo...
Contigo me encontro em qualquer lugar.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010


' E cada segundo, cada momento, cada instante
É quase eterno, passa devagar
Se o seu mundo for o mundo inteiro
Sua vida, seu amor, seu lar
Cuide tudo que for verdadeiro
Deixe tudo que não for passar
Palavras duras em voz de veludo
E tudo muda, adeus velho mundo
Há um segundo tudo estava em paz '


Aquário - 21 de janeiro a 18 de fevereiro


"A ti Aquário,
dou o conceito de futuro,
para que através de ti
o homem possa ver outras possibilidades.
Terás a dor da solidão,
pois não te permito personalizar o meu amor.
Para que possas voltar os olhares humanos
em direção a novas possibilidades,
Eu te concedo o Dom da Liberdade,
de modo que, livre,
possas continuar a servir a humanidade
onde quer que ela esteja."

E Aquário retornou ao seu lugar.

O aquariano é um utopista incorrigível, o livre-pensador um tanto aéreo, que nunca desprega a cabeça das grandes e nebulosas causas.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

chegue bem perto de mim...




...me olhe, me toque,
me diga qualquer coisa.
Ou não diga nada,
mas chegue mais perto.
Não seja idiota,
não deixe isso se perder,
virar poeira, virar nada.
daqui há pouco você vai crescer
e achar tudo isso ridículo.
Antes que tudo se perca,
enquanto ainda posso dizer sim,
por favor, chegue mais perto.

(Caio F. Abreu)


terça-feira, 28 de setembro de 2010

É como sempre digo...


A loucura é minha arma.
Não dispare o gatilho!
Tanta gente há mundo afora
e solidão nos edfícios.
Não corra, não se mate...
Há muito chão pelo caminho.
Precipícios pela estrada...
mais um passo pra voar fora da razão.
Estou a beira da loucura,
não me dê um empurrão!
Qual seria a sensação
de estar solto no ar?
Imagine o chão faltar
e você começar a cair...
Feche os olhos e sinta a queda,
se imagine então voando
e depois seu corpo inteiro
se espatifando no chão.
Minha arma é a loucura.
Não me faça disparar!
Essa lucidez não é minha,
eu minto pra suportar
a verdade do que sou,
do que me apavora.
Tenho medo de mim mesmo
e não tem como fugir.
Minha alma é a loucura.
Não me faça enlouquecer!
Me ensinaram que o rosto
é feito para pôr máscaras,
desde então o mundo
é um imenso teatro
onde a cada novo dia
eu sou um novo personagem.
Essa vida não é minha.
Não me faça te mostrar
tudo que me apavora
e eu tento ignorar.
Eu nasci para a estrada.
Eu nasci para a loucura.
Filha de uma pátria drogada,
nação podre e corrupta.
A loucura é minha amada,
mas casei com a lucidez
já que tenho que manter acesa
a chama da 'aparência'.
Mas um dia ainda faço
o que eu quero que aconteca.
Não vou perder minha vida
acumulando dinheiro.
O mundo não seria tão grande
pra a gente ter que ficar parado
olhando sempre o mesmo céu,
andando sempre os mesmos passos.
É preciso ganhar estrada,
ir em frente, ir à luta
a cada trecho de caminhada
uma nova loucura.

Não saco nada de Física
Literatura ou Gramática
Só gosto de Educação Sexual
E eu odeio Química
(...)
Fico só pensando se vou conseguir
Passar na porra do vestibular
(...)
Ter carro do ano, TV a cores, pagar imposto, ter pistolão
Ter filho na escola, férias na Europa, conta bancária, comprar feijão
Ser responsável, cristão convicto, cidadão modelo, burguês padrão

Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.
Você tem que passar no vestibular.




E - T - E - R - N - O

... é tudo aquilo que vive na fração de segundo
mas com tamanha intensidade que se petrifica
e nenhuma força o resgata.

(Carlos Drummond de Andrade)


quarta-feira, 22 de setembro de 2010

*Obs.


"Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja.
Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las. Porque eu acho sempre muitas coisas - porque tenho uma mente fértil e delirante - e porque posso achar errado - e ter que me desculpar - e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia.
Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crêr que é para sempre quando eu digo convicto que "nada é para sempre."

Gabriel Garcia Marquez

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Não roube minha solidão...



Não roube minha solidão!
Preciso e tenho
o direito de ficar sozinha
com minhas dores,
minhas mágoas,
minhas angústias,
minhas lembranças.
Me deixe só agora.
Se precisar de companhia
eu mesma sei gritar
e chamar por alguém...
Mas agora eu preciso estar só.
Só eu e meus cigarros.
Só eu e muitas doses de álcool.
Sem mais nada a fazer,
Sem mais nada a explicar
pra ninguém.
Sem ninguém...
Não roube minha solidão!
Ela é o pouco que ainda me resta
da liberdade que eu queria ter.
Me deixe morrer de câncer.
Me deixe estragar meu fígado.
Me deixe provar todos os venenos
tanto quanto eu puder aguentar.
As multidões roubam as almas dos homens.
E eu ainda quero ter um pouco mais esta alma
surrada e imunda que,
pelo que me disseram,
devo chamar de minha.
Não roube minha solidão!
Ou te queimo de cigarro,
te grito, te bato, te esfolo,
TE MATO !
Não roube minha solidão
porque você não iria aturar
sustentá-la e alimentá-la
como todos os dias eu tenho que fazer.
NÃO ROUBE MINHA SOLIDÃO !
Ela é apenas minha.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Flashes numa madrugada de insônia




O mundo não é o mesmo durante a noite. Até parece que as coisas mudam de cor... Vendo tudo assim de cima, da janela deste apartamento, eu me sinto como Deus: isolado, alheio a tudo isso, apenas observando as pessoas brincarem de vida. A diferença é que eu não posso controlar nada. São 2:30 da madrugara, eu fumo meus cigarros na varanda e tento caçar o sono enquanto essa nostalgia própria das madrugadas de insônia me assalta outra vez.
Certa vez você me disse: ' Eu só queria te entender, mas não consigo. Por que você é tão estranha? ' E eu realmente não sei o porque. E eu realmentenão me entendo... Ultimamente tenho sentido minha vida vazia e sem sentindo e estou sem coragem ou energia pra mudar isso. Apenas queria ter a capacidade de te amar como você me ama. Não quero te fazer de babaca, muito menos ser sacana com uma pessoa que é tão especial pra mim assim...
Me perdoa, sei que estou errando feio. É que quando tudo parecia desabar você veio pra mim como um sonho bom e eu realmente não estou acostumada com isso. Não sou perfeita, tive medo. Não quero te magoar e não sei o que fazer agora... Só consigo olhar o mundo de longe, mas não me vejo fazendo parte dele. Mas com você eu me sinto amada, eu me sinto alguém, me sinto mais segura. Estou com medo. Estou confusa. Ainda não entendo direito tudo isso que sinto, todo esse turbilhão de imagens, medos, sentimentos, desejos.... Será que isso é o que todos chamam de amor ?! Eu sei apenas que gosto quando você me faz sentir que sou parte de seu mundo....

quinta-feira, 2 de setembro de 2010




"Não me alimento de quases,

não me contento com a metade.

Não serei sua meio amiga
e nem te darei meu quase amor,

é tudo ou nada.

Não existe meio termo."


(Marilyn Monroe)

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O homem...




...não nasceu para amar a mulher.
A mulher não nasceu para amar o homem.
O ser humano nasceu para amar o ser humano.


Christian Chávez.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010



"Sou vulnerável às menores bobagens,
às mínimas palavras ditas,
a olhares até, e sobretudo,
a imaginações.
Sou composto de urgências:
minhas alegrias são intensas;
minhas tristezas,
absolutas.
Me entupo de ausências,
me esvazio de excessos.
Eu não caibo nos estreitos.
EU SÓ VIVO NOS EXTREMOS."

(Clarice Lispector)

Sol... e chuva...




Gosto desses dias molhados, de chuva miúda, de chuva fina
chuva boa,
de névoa, de garoa,
em que a gente não sente a obrigação de ser feliz,
e fica em si mesmo, à toa...
Basta a gente ficar onde está, nada mais, é tudo que se quer,
vendo a chuva cair, a chuva caindo,
ficar sentado, acomodado, num lugar qualquer
ouvindo o rumor da chuva, ouvindo...
ouvindo...
Dias que não pedem nada, que não exigem nada, não icomodam,
em que a gente fica em casa, sem nescessidade
de companhia, de ter alguém,
basta essa sensação que agora é minha...
Oh, a paz, essa felicidade impessoal, perfeita
que consegue ser feliz
sozinha...
( Como doem certos dias de sol, de tanta alegria! )
Dias exigentes que gritam por felicidade, que reclamam vida e emoção
e que encontram às vezes a gente tão só
no meio de tanta gente,
tão só e desprevinido
sem saber o que fazer - meu Deus ! - do coração!
Dias de sol que derrubam a gente,
que maltratam a gente, passam por cima,
da gente
sem piedade,
tontos, deslumbrados,
e se vão a cantar uma felicidade
por todos os lados,
uma felicidade
de bola de cristal, inexistente,
sem ver que ficamos no chão, como indigentes
abandonados...
Ah! Gosto desses dias assim, de olhos embaciados, cinzentos,
de chuvinha mansa, de chuvinha boa,
Que não pertubam o coração
que descansam a vista;
qu, no máximo, esperam que a gente se sinta bem,
e nos deixam em paz, sem nada, sem ninguém,
- só isto!
Nesses dias, humilde e só, um pouco egoísta
talvez,
- EXISTO ...

( J. G. de Araújo Jorge )



-

' Eu tive um amor
mas foi a dor que me ensinou a ser quem sou. '
(Canto dos Malditos na terra do nunca)


domingo, 22 de agosto de 2010

Cansaço



' Estou cansada de fechar os olhos e não dormir, tendo que fugir durante toda a noite de minha própria alma, dos meus sonhos, dos meus medos, do meu ódio de mim mesma. Estou cansada de abrir os olhos e ter que encarar a realidade tão fria, tão  nua, tão cruel e manchadaa de dor. Estou  cansada de olhar  no espelho e me ver abatida, confusa, insegura e incapaz de mudar de atitude e sair desse permanente estado de inércia no qual eu mergulhei.
Estou cansada! Só estou cansada de tudo, de nada, dessa enorme impaciência que permanece aqui sugerindo as mais cruéis loucuras pra se realizar. Estou cansada de responder e ninguém entender, estou cansada de tentar explicar. Não importa quantas vezes eu fale, nem mesmo nada do que eu faça poderá fazer com que encherguem ou escutem tudo o que é importante saber.
Não importa mais, estou transbordando tédio, impaciência, cansaço e stress... Descobri que a vida, na verdade, não vale um níquel! '
( Fernanda Abreu )




• O que há •

O que há em mim é sobretudo cansaço-
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada :
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A sutileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas-
Essas e o que falta nelas esternamente-;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada-
Três tipos de idealistas, e eu nehum deles :
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossívelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
íssimno, issimo, íssimo,
Cansaço ...

( Álvaro de Campos )

terça-feira, 17 de agosto de 2010



' Eu ontem fui dormir todo encolhido
Agarrando uns quatro travesseiros
Chorando bem baixinho, bem baixinho, baby
Pra nem eu nem Deus ouvir
Fazendo festinha em mim mesmo
Como um neném, até dormir
 -
Sonhei que eu caía do vigésimo andar
E não morria
Ganhava três milhões e meio de dólares
Na loteria
E você me dizia com a voz terna, cheia de malícia
Que me queria pra toda vida
 -
Mal acordei, já dei de cara
Com a tua cara no porta-retrato
Não sei por que que de manhã
Toda manhã parece um parto
Quem sabe, depois de um tapa
Eu hoje vou matar essa charada
 -
Se todo alguém que ama
Ama pra ser correspondido
Se todo alguém que eu amo
É como amar a lua inacessível
É que eu não amo ninguém
Não amo ninguém
Eu não amo ninguém, parece incrível
Não amo ninguém
E é só amor que eu respiro .
( Não amo ninguém - Cazuza )


' O mundo é azul .
Qual é a cor do amor?
O meu sangue é negro, branco
Amarelo e vermelho .
[...]
As possibilidades de felicidade
São egoístas, meu amor ...
Viver a liberdade, amar de verdade
Só se for a dois !
(Só a dois) '

' E se não der certo, meu coração é esperto não vai parar de bater pra te esquecer, meu bem !! '

domingo, 15 de agosto de 2010

Quando um objeto se quebra,
a gente conserta ou então compra um novo.
As pessoas não são como os objetos!
Quando um coração se parte,
não há conserto que dê jeito,
não há dinheiro no mundo que possa comprar um novo!
Os seres humanos não são recicláveis...
mas também não são descartáveis!

sábado, 14 de agosto de 2010

Dentro da minha loucura...



...vou preferir a vida à morte,
pois vou me agarrar à minha última esperança de felicidade
e o amor que sinto por
mim mesmo.


quinta-feira, 12 de agosto de 2010

E todas as noites são iguais...






"Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos."


(Clarice Lispector)


E todo mundo sofre por amOr...

• Meu desejo desmedido e desvairado •

Eu queria sair por aí correndo até te encontrar, te olhar de frente - sem medo de cair em tentação - e te dizer o quanto eu ainda te amo, que eu não consegui deixar de pensar em você um único instante, que eu tenho medo de tudo isso o que eu sinto, mas que tenho mais medo ainda de não conseguir te ter de novo nunca mais.
Queria conseguir esquecer todas as besteiras que você fez e perdoar você de verdade, deixar meu orgulho de lado e apagar essa mágoa - que nunca conseguiu ser maior do quê o meu amor por ti - só pra poder viver contigo tudo aquilo que era tão lindo e tão intenso mais uma vez.Queria ter coragem o bastante pra jogar tudo pro alto, deixar pra trás os erros do passado e começar do zero uma história de amor contigo.
É você que eu amo e, por mais que eu me esforce, não consigo matar esse sentimento! Mesmo que eu me envolvesse com outras mil pessoas e amasse de verdade cada uma delas, nenhum amor que eu possa ter poderá se comparar a isso o que eu sinto por você. Por mais que eu tente me afastar, há uma força inexplicável que me puxa sempre em sua direção.
Sempre que me vejo distraída me pego pensando em você, pensando em nós duas juntas e felizes, pensando em algo que talvez nunca volte a acontecer... E parece loucura porque nessas horas eu sinto o teu perfume, ouço a tua voz sussurrando em meu ouvido todas aquelas coisas que só a gente podia saber, sinto tuas mãos em mim, te vejo surgir do nada em minha frente e é nessas horas, em meio a tantos desvaneios e lembranças, que eu me dou conta do quanto ainda sou louca por você, por cada pedaço seu, cada qualidade, cada defeito. Amo todas as coisas desde que elas venham de você!
Mas a nostalgia sempre acaba e quando eu acho que você já me esqueceu, que eu vou conseguir passar um dia enfim sem pensar em você, o telefone toca, ou então você me manda alguma louca mensagem me dizendo que eu não sou a única a ter acessos de saudades e então todo esse desejo incontrolável de te ter por perto volta a me assaltar...
É, realmente, impossível apagar você de mim! Te queria por perto pelo menos só mais uma vez, mas eu sei que se eu tiver você em meus braços, mesmo que por pouco tempo, querer te ter pra sempre não seria o bastante ... Eu iria te querer ao meu lado além da eternidade, mais do quê já desejo normalmente, e eu tenho medo de que você diga sim e me faça sofrer ainda mais do quê eu já sofro longe de você.

(Fernanda Abreu Lopes Paim)

" Dizem que tô louco
E falam pro meu bem
Os meus amigos todos
Será que eles não entendem
Que quem ama nesta vida
Às vezes ama sem querer
Que a dor no fundo esconde
Uma pontinha de prazer... "
( Minha flor, meu bebê - Cazuza )

segunda-feira, 9 de agosto de 2010








Parado aqui, mas olhando, através dos olhos de quem partiu, pra alguém que ficou... Não seguiu as suas próprias regras. Eu tinha diante de mim um mar que se chama solidão, que me chamava viver com ele este estado bipolar de tédio e euforia barata. Um mar cujas vagas vinham me beijar e afundavam meus pés na beira da praia, isso sempre me deu medo. Quanto desencontro ainda haverá nessa nossa vida? Mas antes de mentir eu procurei te dizer a verdade, só que tu não quiseste ouvir, agora é contigo, escolha no que acreditar; uma mentira contada com sinceridade ou uma verdade absolutamente duvidável. Se o pouco que tem, ainda tiver algum sentido então ainda há muito que fazer, até por que agora não há mais alternativa, nem onde se esconder é preciso trabalhar. A vida é um mapa de palavras cruzadas, um criptograma onde nada se encaixa e as pista seram as letras ‘M’ e ‘A’, o resto eu apaguei sem ler. Eu te ofereço abrigo e carinhos pras feridas com as quais o tempo te presenteou. Confesso que eu mesmo ainda estou me recuperando de tudo, mas isso não é empecilho. Também posso cuidar de ti. Lembra quando este caos era só uma possibilidade, e a insegurança era só uma fraca sombra? Hoje eles têm peso, substancia e malicia. Agora estamos longe de onde gostaríamos de estar embora aqui seja um lugar quase tranqüilo, quase livre, quase romântico... Que mal há em acertar as contas com o tempo? Ontem encontrei com alguns dos nossos antigos amigos, me perguntaram por que não atendo mais meu telefone, por que eu nãos respondo e-mails e por que eu desapareci... Gargalhei alto pra mudar de assunto e não dizer no que ando pensando. Garanto-te que eu não vou rir de tudo isso...


O Teatro Mágico - http://oteatromagico.mus.br/

Rótulos são para geleias...




" ...Tu também serás rotulado como mentiroso... por teres omitido pequenas coisas, pequenas pistas que diriam quem tu és realmente. Tu deves ao psicólogo... por querer ser feliz. Sabes como é... felicidade ao extremo assusta. E eu assusto os outros. Eu faço doer... aquilo que os outros querem esquecer... "
(A menina elefante - Natália Anson Lima)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Cobra se confunde e engole o próprio rabo na Inglaterra

Rabo vira petisco // PICTURE PARTNERSHIP/Seers Croft Veterinary  (PICTURE PARTNERSHIP/Seers Croft Veterinary)

Uma clínica veterinária do condado de Sussex, no sul da Grã-Bretanha, teve que resolver um caso curioso: o de uma cobra de estimação que tentou engolir o próprio rabo.
O incidente ocorreu no dia 6 de agosto e envolveu uma cobra da espécie Lapropeltis getulus, conhecida como cobra real californiana.
O dono dela notou que o réptil tentava engolir o próprio rabo e a levou à clínica veterinária Seers Croft.
Lá, o veterinário Rob Reynolds teve que deslocar a mandíbula para liberar o rabo do réptil da sua própria mordida.
De acordo com informações da clínica, cobras em geral são carnívoras, mas estas em particular, além de se alimentarem de ratos e de pequenos mamíferos, também comem lagartos e outras cobras.
No entanto, Rob Reynolds afirmou que nunca viu um caso no qual um animal não conseguia se libertar da própria mordida, apesar de este ser um fenômeno já conhecido.

Dança tio-polícia, dança !!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

35 Coisas que aprendemos com os desenhos animados


1- Um serrote pode cortar até mesmo uma montanha.

2- Se você estiver correndo no vazio do abismo,não cairá,desde que não olhe pra baixo.

3- Se estiver de cara com uma arma apontada, não se assuste, é só colocar o dedo na ponta que a bala vai de volta,afinal,dedos são de ferro!

4- A dimensão dos lugares não é realista, ou seja: você pode ver uma casa de fora com um tamanho pequeno,mas vendo de dentro ela é enorme.

5- Se por acaso você desenhar um trilho no chão, um trem pode surgir do nada e andar no trilho.

6- Animais falantes são a coisa mais normal do mundo!

7- Aliens falam a mesma língua que os humanos.

8- Quando você for para outro país, a língua não muda, só o sotaque é diferente.

9- Ninguém morre, mesmo depois de ser cortado, amassado,jogado no trilho do trem, esfaqueado, ter levado o ataque de uma bigorna/cofre/piano na cabeça,etc. Em vez disso, a vítima aparece só com alguns band-aids,ou se tiver sofrido mais de duas das situações citadas,aparece no hospital engessado até a alma.

10- A melhor e mais prática maneira de se ferrar com a vida de alguém é comprar um cofre/piano/bigorna e jogar na cabeça da vítima!

11- Um grande imã pode atrair um satélite do espaço, um navio,a Torre Eiffel, a Estátua da Liberdade, um 747 do Bush e até discos voadores.

12- Qualquer um têm força suficiente pra causar um nocaute,desde que seja exposto a um motivo pra ficar com muita raiva.

13- As esposas dos maridos botam moral neles.

14- O futuro da humanidade está sempre nas mãos de um guri retardado de 12-17 anos.

15- Os protagonistas,apesar de só fazerem cagada,sempre conseguem se safar.

16- Veículos que se transformam em robôs, podem diminuir ou aumentar seus volumes de forma que desafiem as Leis da Física.

17- Se um cofre cai na sua cabeça,você vai parar do lado de dentro do cofre.

18- Se você desenhar um buraco na parede, poderá entrar nele.

19- Sua cabeça pode se servir como uma bola de basquete.

20- Você pode cair mais rápido do que um piano.

21- Os personagens são indestrutíveis, ou seja, conseguem sobreviver a explosões nucleares!

22- Alguém que for puxado por duas pessoas vai esticar como se fosse um elástico.

23- Quando correm, os desenhos soltam fumaça como se fossem carros mal regulados (por exemplo: Papaléguas, Ligeirinho, Sonic etc).

24- Se você estiver em uma plataforma de 20 metros, poderá mergulhar dentro de um copo d'água.

25- Por mais que você corra, a árvore sempre vai cair em sua cabeça.

26- Para construir uma estrada de trem, basta desenha-lá em uma rocha e sair correndo.

27- Uma pessoa só cai de uma montanha, de um prédio ou de qualquer lugar, quando olhar pra baixo dá "tchauzinho".

28- Sempre que sua bunda queimar em algum lugar, você instantaneamente vai começar a voar.

29- Se um caminhão esmagar você, basta você soprar o dedão, que você volta ao normal.

30- Sempre que você for picado por insetos, você adquiri um super poder.

31- Se uma pedra de uma tonelada cair em cima de sua cabeça, nascerá apenas um "galo". Só isso!

32- Para acender um palito de fósforo, basta raspá-lo na sua bunda.

33- Para ficar forte igual a um lutador de vale tudo, não precisa malhar, basta tomar um pouco de espinafre.

34- Toda vez que você come alguma coisa com muita pimenta, vai começar a sair fumaça dos seus ouvidos.

35- Você pode facilmente guardar coisas como piano, martelos gigantes e uma bazuca no bolso da sua calça.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

10 Fatos sobre as novelas da Globo


1. Pobre nunca repete roupa.

2. Aconteça o que acontecer, sempre no final da novela o vilão morre, fica louco ou vai preso e resto da novela se casa e/ou tem filhos.

3. Não importa onde os personagens fiquem doentes, sofram acidentes ou tenham um ataque cardíaco, eles sempre vão internados no mesmo hospital.

4. Em novelas de época, sempre um pouco antes de uma mulher casar com um homem que foi escolhido pela família ela conhece outro homem e no final se casa com ele.

5. Sempre antes de matar alguém o vilão tem um diálogo de 30 minutos com o a pessoa que ele vai matar.

6. O herói e mocinho da novela pode pegar dois tiros na perna, uma facada, um choque de 2000KW ou qualquer coisa do tipo, mas sempre depois de tudo isso, ainda tem força para correr, escalar prédios e lutar e ganhar do vilão.

7. As personagens sempre acordam de maquiagem feita.

8. Sempre quando estão escrevendo alguma coisa no computador as pessoas falam em voz alta o que estão escrevendo.

9. Sempre o núcleo principal da novela é em São Paulo ou no Rio de Janeiro.

10. Zé Mayer sempre pega pelo menos 5 mulheres em cada novela.

Aviso de Conteúdo

Todas as imagens e alguns textos, postados aqui foram retirados da Internet e por esse motivo suponho ser do domínio público. No caso em que haja algum problema ou erro com material protegido por direitos autorais, a quebra dos direitos de autor não é intencional e não comercial e neste caso o material será retirado imediatamente, basta que me passem a informação.
e-mail : nandapolly.alp@gmail.com

Pesquisar este blog